Faça você mesmo: farmacinha de óleos essenciais

Óleos essenciais são extratos concentrados e puros de algumas plantas. São substâncias com diversos compostos químicos que podem trazer muitos benefícios para a saúde como, por exemplo, o óleo de eucalipto que funciona como um ótimo expectorante.

A gente convidou a Gabi Pimenta, aromatologista, para nos dar uma aulinha de óleos essenciais. Ela se formou em aromatologia, psicoaromaterapia e geoterapia e é certificada pelo IBRA (Instituto Brasileiro de Aromatologia).

A Gabi é uma bruxinha e sempre tem alguma alternativa para a medicina tradicional. Já me ajudou algumas vezes. Não temos nada contra a medicina tradicional, inclusive nosso pai e nossa mãe são médicos alopatas.

A ideia da farmacinha é apenas para tentar diminuir nossa necessidade de tomar tantos remédios, que às vezes podem ser substituídos por alternativas menos agressivas, como a aromaterapia.

A Gabi explica que a aromaterapia serve para dar um suporte para o nosso corpo se regenerar sozinho.

Aqui a gente vai falar de três óleos essenciais (OE) que podem ser usados como “coringas” ajudando em várias situações. São eles:

  • melaleuca
  • hortelã-pimenta
  • lavanda

A Melaleuca

O OE de melaleuca também conhecido como tea tree, é originário da Austrália e era usado pelos aborígenes para tratar feridas na pele. É um antisséptico muito poderoso e pode atuar em vírus, bactérias e fungos. Alguns exemplos para utilização desse OE: Acne, micose, cortes e feridas para evitar infecção, entre outros. Pode diluir algumas gotinhas dele em uma colher de sopas de óleo vegetal puro antes de passar na pele.

A Hortelã Pimenta

O OE de hortelã-pimenta, também conhecido como peppermint, pode ser usado pra aliviar dor muscular, dor de cabeça e para desobstrução nasal. Outra função muito legal desse OE é a redução da compulsão alimentar. Nos casos de dor muscular, diluir uma gotinha em uma colher de sopa de óleo vegetal puro (azeite, óleo de coco) antes de passar na pele. Nos outros casos é indicado a inalação.

A Lavanda

O OE de lavanda é o meu preferido! A primeira comprovação das propriedades medicinais da lavanda foi feita por um cientista francês que sofreu uma queimadura e a utilizou como regenerador de tecido. Junto com a melaleuca, diluídas em óleo vegetal, é um ótimo cicatrizante. A lavanda é um sedativo natural e pode ser usado em casos de insônia, ansiedade, tensão. A Carol tem dificuldades para dormir e pinga umas gotinhas no travesseiro, ela adora.

Não confundam essência com óleo essencial. Essência é uma substância química usada só para dar cheiro artificial.

Lembrando que os óleos essenciais não substituem o tratamento médico. É só uma alternativa para casos de automedicação. Ao invés de comprar uma Neosaldina, que tal dar uma chance para o hortelã-pimenta?

Fiquem atentos que a Gabi está preparando um workshop junto com as Verdes para ensinar melhor essa belezinha que são os óleos essenciais.

Qual testamos?

Gabi Pimenta – o despertar

Workshop: 31/08 (no insta vamos contar mais)

Deixe seu depoimento

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *