“Eu vou te contar sobre o lugar mais incrível que existe. E sabe a melhor parte? Você está andando sobre ele.” É assim que o carismático Will Smith nos convida para embarcar nessa série de 10 episódios que investigam a vida na Terra.

Essa é uma série que faz bem para a saúde. Primeiro porque não vicia, você pode assistir um episódio e só ver o próximo depois de seis meses. Depois, porque é pura aprendizagem e é da National Geographic e tem imagens maravilhosas que vão de microorganismos à galáxias captadas por satélites de alta precisão.

O nome “One Strange Rock” ou “Uma Rocha Estranha” em tradução livre, diz muito sobre o conteúdo. Essa enorme rocha que habitamos é cheia de incontáveis e estranhas surpresas, sempre em perfeito equilíbrio. Cada capítulo aborda um assunto diferente começando pelo oxigênio. Nesse primeiro capítulo tempestades de areia vindas do deserto da África são interligadas com as chuvas da floresta Amazônica que ajudam a formar o ar que respiramos, mostrando como está tudo interligado. As imagens são de tirar o fôlego.

A obra toda foi filmada em 45 países e muito bem dirigida por Darren Aronofsky (diretor de Cisne Negro e Requiem para um Sonho). Para nos trazer informações precisas e muito bem ilustradas, foram convidados oitos astronautas de elite com muitas horas de espaço. Eles dão relatos pessoais do que viram lá de cima. Uma astronauta que me chamou muito a atenção foi Peggy Whitson, ela detém o recorde da NASA de maior número de dias no espaço – 665. É também a astronauta que ficou mais dias consecutivos no espaço, 289 dias. Imagine o que ela tem para contar.

Nos dias de hoje, em que os últimos dados do INPE apontam um aumento de 278% no desmatamento na Amazônia, essa série tem muito a nos ensinar. Preservar a floresta não é uma pauta de esquerda ou direita, mas uma questão de sobrevivência, como mostra a série, com dados e informações apuradas e conferidas até pela NASA.

O planeta Terra funciona da maneira linda e equilibrada. Reduzir a quantidade de lixo que produzimos, consumir mais produtos orgânicos, comprar menos coisas e usar mais produtos naturais são algumas das armas que nós temos para combater a devastação que o planeta vem sofrendo. Conhecer um pouco mais a fundo como tudo funciona nos dá mais gás ainda para querer cuidar melhor disso tudo. Assistam e recomendem: a informação é a nossa maior aliada nessa luta.

Qual testamos?

One Strange Rock – disponível no Netflix

Deixe seu depoimento

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *